Bem-estar animal: auxilie seus clientes e fature mais

bem estar animal

O bem-estar animal é uma preocupação e tanto dos donos de bichinhos de estimação e dos pet shops. Todos devem ficar atentos para garantir uma vida mais saudável e divertida aos pequenos companheiros.

Para otimizar o seu negócio, você pode dar dicas aos clientes de como fazer isso. Mostrando estar ao lado dos consumidores, entregue valor a eles com sugestões de práticas recorrentes que ajudam no bem-estar animal.

Veja neste blog post boas práticas para indicar aos seus clientes. Confira!

Cuidado ao passear de carro

Por mais que aquelas cenas do cachorrinho pegando vento na janela sejam emblemáticas, não é recomendável. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, isso pode resultar inclusive em multas.

Outro problema que pode surgir com esse tipo de situação é o acidente com o animal. Uma vez que o rosto do bichinho permaneça na parte externa do carro, algum motociclista ou obstáculo pode machucá-lo.

Indique aos seus clientes que utilizem cadeirinhas ou assentos adequados na hora de transportar seus animais. Você pode também oferecer esses itens, caso os tenha disponível para venda.

Carregar mantimentos para passeios longos

Quando o passeio se estende mais do que o previsto, a fome e as necessidades fisiológicas costumam aparecer. Para resolver este tipo de problema, o ideal é sempre levar um pouco de comida e água para hidratar os pets.

Assim, o passeio que é para ser um momento de alegria, não se torna desconfortante aos animais. Você pode também oferecer aos clientes adereços para essas situações.

Hoje, existem diversos tipos de potinhos e garrafinhas de água adaptadas, que podem solucionar pontualmente essa demanda. Isso também confere maior faturamento ao seu caixa.

Cuidado com o verão

Na época mais quente do ano, é bom ficar de olho para que os pets não sofram sem necessidade. São muitas medidas que podem ser implementadas para enfrentar esse período.

Nenhuma delas é um grande segredo, mas não custa lembrá-las para que os pets fiquem mais confortáveis diante de tanto calor. Para começar, o ideal é evitar a exposição ao sol forte e mormaço.

Dentro de casa, os donos devem aumentar o número de potes de água, pois a hidratação é fundamental para manter a temperatura corporal equilibrada e satisfatória. Outra idéia ótima que deixa os bichinhos mais dispostos e alegres é a tosa.

Nada como retirar aquele “cobertor” desnecessário quando chega o verão. Além de ser uma época muito quente, os pelos em excesso geram um desconforto enorme. Essa medida é mais uma das que podem conferir um aumento no fluxo de caixa.

Manter as vacinas em dia

As vacinas são extremamente importantes para não deixar os pets vulneráveis. Existem algumas doenças, que se contraídas podem inclusive ser transmitidas aos donos. Então nada de deixar os animais sem elas.

Indique quais são as vacinas necessárias para cada tipo de pet e oriente os clientes que não deixem para depois. Explique que muitas vezes as vacinas podem prevenir sérios riscos e gastos com remédios e tratamentos veterinários lá na frente.

Utilizar vermífugos

Os vermífugos são importantíssimos para evitar que parasitas possam comprometer a saúde dos animais. Os donos devem ficar atentos a pulgas e carrapatos e sempre que os encontrarem em maior número procurar um veterinário.

Para aumentar a proteção, você deve indicar aos clientes que os pets tomem banho a cada quinze dias. No caso dos gatos esse prazo pode ser estendido. A limpeza ajuda muito no combate à proliferação de pulgas nos animais.

Brincar diariamente

Alguns donos acham que brinquedos ou pequenas interações podem suprir as demandas dos bichinhos. Contudo, não é bem assim. O estímulo psicológico que as brincadeiras trazem é enorme e contribui muito ao bem estar animal.

Portanto, nada de deixá-los de lado. Mesmo com rotinas atarefadas, você deve indicar aos frequentadores do seu Pet Shop a dedicarem um tempo diário aos bichinhos.

Acompanhar a alimentação

A alimentação é fundamental para o bem-estar animal. As rações estão cada vez mais desenvolvidas e podem otimizar muito o dia a dia dos bichos. Portanto, não será difícil que seus clientes encontrem boas comidinhas.

Hoje, já é possível encontrar inclusive “snacks” diferenciados que podem ser utilizados como agrados e recompensas. Procure orientar os donos a não dar comida, como carnes, pedaços de frango, etc.

A digestão humana é muito diferente da animal e isso pode gerar consequências negativas aos animais.

Cuidar do apetite

Outro fator importante referente à alimentação é a forma como isso está acontecendo. É muito comum os animais demonstrarem através da comida seu estado físico ou psicológico.

Quando eles estão com algum problema é normal que não comam tanto. Quando estão tristes, também não têm tanto apetite. Orientar os donos que fiquem de olho na alimentação, pode ser um ótimo instrumento para que eles acompanhem melhor seus bichinhos.
Cuidar da saúde e felicidade dos pets é um ato de amor dos donos. Em alguns casos, porém, a visita a um especialista pode fazer a diferença. Mostre isso aos seus clientes e faça com que entendam que a união entre carinho e expertise pode ser a fórmula exata para o bem-estar animal de seus bichos.

guia de inovacao

No votes yet.
Please wait...

1 thought on “Bem-estar animal: auxilie seus clientes e fature mais

  1. Artigo excelente, nós da Pet Shop Goiânia sempre tivemos cuidado com os bem estar dos animais no curto período que eles estão conosco.

    No votes yet.
    Please wait...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *