fbpx

Prazo de pagamento curto: saiba como resolver essa questão junto ao fornecedor!

Prazo de pagamento curto: saiba como resolver essa questão junto ao fornecedor

Tempo é dinheiro? Quando o assunto é prazo de pagamento, esta máxima faz ainda mais sentido. Isso porque quanto maior for o período para você quitar as contas, mais fácil fica organizar as finanças.

É por isso que negociar o prazo de pagamento junto aos fornecedores é fundamental para a saúde da sua empresa. Entretanto, nem todos são tão flexíveis neste sentido. Logo, você sabe como lidar quando precisa estender as validades dos acertos?

Trouxemos neste conteúdo algumas dicas que podem ajudar nas negociações de pet shops e clínicas veterinárias. Para, assim, os negócios do mercado pet ampliarem suas possibilidades e manterem um fluxo de caixa ainda mais saudável.

Acompanhe a leitura para adquirir o conhecimento que precisa para resolver as dificuldades de alinhamento sobre prazos!

Prazo de pagamento: uma corrida contra o tempo

Atender aos prazos de pagamento é uma questão que envolve muitos fatores, desde a disponibilidade e o fluxo de caixa, até as datas oferecidas pelos fornecedores. Desta forma, é importante alinhar na negociação quais os melhores dias para a validade das contas ao efetuar compras.

Neste sentido, segundo recomendações do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), cabe aos gestores se atentarem aos seguintes pontos:

  • Acompanhar as entradas e saídas da empresa com máxima precisão;
  • Observar a disponibilidade de caixa;
  • Tentar combinar o pagamento de acordo com esta disponibilidade;
  • Prestar atenção na cobrança de juros e taxas aplicadas;
  • Analisar se o prazo estendido (financiado) é mais vantajoso que o acerto à vista;
  • Ter um bom relacionamento com os fornecedores.

Afinal, conforme explica a instituição, quanto mais tempo você tiver para efetuar o pagamento ao fornecedor, melhor será para o seu fluxo de caixa, uma vez que você reterá o dinheiro por mais tempo.

Tudo isso precisa ser avaliado antes de qualquer decisão, pois é muito importante que o prazo de pagamento seja cumprido junto ao fornecedor. Isso não só aumenta a credibilidade dos negócios, como ainda permitirá negociações ainda melhores no futuro, pois a confiança estará garantida.

Então, após o prazo para o pagamento ser definido, deve ser respeitado. Cabe então aos gestores buscarem estratégias para manter o fluxo de caixa e, assim, atendê-lo.

É por isso que o acompanhamento das entradas e saídas da empresa estão no topo dos tópicos listados anteriormente.

Pois a corrida contra o tempo para cumprir o prazo de pagamento pode ser vencida se você se antecipar. Ao realizar um controle preciso das finanças, é possível diminuir riscos de atrasos e até mesmo a inadimplência.

Você conhece a Lei da Liberdade Econômica?

No ano passado, foi sancionada no Brasil a Lei da Liberdade Econômica. Seu objetivo é diminuir a burocracia das atividades econômicas. Isso inclui facilidades para negociações de contratos e prazos de pagamentos, principalmente em situações extraordinárias, conforme explica o blog Contabilizei.

E, em um momento de tantas incertezas como o que vivemos, devido a pandemia do coronavírus, é importante se manter atualizado sobre seus direitos antes de qualquer decisão.

De acordo com a Lei da Liberdade Econômica, os contratos podem ser revisados em condições como situações imprevistas, comprovação da não possibilidade de pagamento, ou quando uma das partes da negociação está sendo prejudicada financeiramente enquanto a outra está em vantagem.

Esta pode ser uma alternativa para empresas que estão enfrentando os males da inadimplência atualmente. De acordo com informações compartilhadas pelo Valor Investe, o Banco Central adiantou que o pico de inadimplência deve ocorrer no primeiro semestre de 2021.

“A maioria das medidas regulatórias, dos programas de suporte ao crédito, estão em estabilidade ou em phase-out automático, tudo está ocorrendo com muita tranquilidade. Algum dia tudo vai voltar à normalidade, independentemente de ter segunda onda ou não”, anunciou o diretor de regulação do Banco Central, Otávio Damaso, no conteúdo compartilhado pelo Valor Investe.

Prazo de pagamento curto: saiba como resolver essa questão junto ao fornecedor
Quanto maior o prazo de pagamento, melhor será para o fluxo de caixa, uma vez que você reterá o dinheiro por mais tempo

3 dicas essenciais para negociar o prazo de pagamento

Agora é entre você e o fornecedor. Logo, quando estiverem alinhando o prazo de pagamento das negociações, lembre-se destas dicas para alcançar os resultados mais vantajosos para sua pet shop ou clínica.

Elas são baseadas em nossa experiência de mercado e no conteúdo compartilhado pelo movimento Cuide do Pequeno Negócio.

Dica 1: seja sincero ao alinhar prazos e valores

Na negociação do prazo de pagamento, defina o melhor cenário para as duas partes, compradores e fornecedores. Então, seja sincero sobre suas possibilidades e flexibilidade. Baseie-se na realidade do seu negócio.

Dica 2: transmita confiança

Não é hora de se deixar levar pelas emoções. Considere a inteligência emocional a cada passo. Mais que isso, é necessário reforçar sua credibilidade, comprovando que você cumprirá os prazos e condições estabelecidas. Lembre-se: a primeira impressão é a que fica!

Dica 3: a quantidade reflete nas suas negociações

Hoje, existem inúmeras possibilidades e recursos que facilitam as negociações em conjunto, até mesmo na hora de definir o prazo de pagamento ou realizá-los.

Você pode realizar o contato com os fornecedores por sistemas que permitem ter mais praticidade, com acesso anônimo e intuitivo, para assim alcançar mais rentabilidade junto aos negócios que estarão com você unidos nestas compras.

Além disso, as compras em conjunto ainda facilitam a aquisição de produtos ou marcas que vendem apenas em maiores volumes, ou que beneficiam estes compradores.

A união com outros negócios permite a aquisição de soluções em maiores quantidades. E isso impacta a sua rentabilidade. E, desta forma, é possível negociar menores preços e ainda com os melhores prazos para os acertos.

Afinal, volume de compra e data de entrega estão diretamente relacionados às condições de pagamento. Reflita: o prazo pode se estender junto a quantidade de produtos da compra, ou seja, quanto mais produtos, mais possibilidades para ajustar o tempo das quitações e, assim, mais facilidades!

No votes yet.
Please wait...
Voting is currently disabled, data maintenance in progress.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *