Serviços para pet shop: como inovar em um mercado competitivo

Como inovar em serviços para pet shop

Quais serviços para pet shop você possui em sua loja hoje? Será que você está oferecendo tudo o que pode?!

Hoje em dia, sabemos que muitas empresas oferecem somente o básico de serviços para pet shop.

Mas saiba que inovar é sempre importante. Com isso, você evita que seus clientes busquem a concorrência e te possibilita conquistar novos consumidores.

Vamos dar dicas de como usar melhor os serviços que você já possui na loja, e como desenvolver novas opções para os seus clientes.

O BE-A-BÁ de serviços para pet shop

Sabemos que há serviços que são oferecidos em todos os lugares. Em qualquer pet shop, independente do seu porte, você encontrará o primordial desse segmento de negócio.

Claro que vale lembrar, os clientes não escolhem onde irão levar seus pets somente pela qualidade de serviço ou preço, outros fatores como atendimento e carinho com os seus filhos de patas também conta.

E esses serviços para pet shop geralmente são: banhos e tosas em geral. Podendo ser em máquinas ou tesoura.

Muitos clientes possuem o hábito de fazer esses serviços diversas vezes ao mês, e aí vem a nossa primeira dica: ofereça planos!

Mas, como montar um plano atrativo e vantajoso para você e o seu cliente?

O primeiro passo é você determinar o serviço e a quantidade.

Por exemplo, quantas vezes aquele porte de animal deve tomar banho por mês, são 2x, 3x ou 4x? Se for 4x lembre-se que será um banho por semana.

Não se esqueça, é importante ser sincero com o seu cliente, se o pet não tiver necessidade desses banhos semanalmente não os ofereça.

Vamos seguir no exemplo mais comum, que são os planos com 4 banho por mês para um cão de porte pequeno. Após determinar estes itens, você precisa estabelecer um preço para o conjunto serviços, que pode ser com um desconto entre 10 e 20%.

Vamos estipular que o preço médio para o banho avulso deste porte é de R$35,00. Se fossem pagos individualmente 4x por mês daria o total de R$140,00 mensais.

Não sabe calcular o preço de custo dos seus serviços? Clique aqui para conferir como.

Caso você oferecesse o plano, aplicando o desconto de 15%, poderia cobrar o equivalente a R$120,00 por todos os serviços. Mas, agora, você deve estar se perguntando, qual a minha vantagem nisso?

Ora, você deve cobrar adiantado. Sim, o conjunto de serviços deve ser pago antes de serem feitos. Com isso, você já garantiu que irá fazer aqueles banhos para esse cliente.

Uma dica sabia: planos não precisam ser novamente de banhos e tosas… Você pode oferecer para vacinas também, já que algumas delas são recorrentes. Assim, mais uma vez garantindo a venda antecipada.

Claro que aqui, estamos dando os exemplos mais comuns, mas sua criatividade pode rolar solta e desenvolver planos únicos que só você tenha!

Seja pontual: ofereça os serviços aos clientes certos

Bom, em breve iremos falar sobre os serviços que são tendência de mercado, mas antes disso iremos tocar em um ponto importante: o cliente.

Não basta apenas ter o serviço diferenciado e legal, você precisa de duas coisas: que os clientes saibam que você oferece e indicar ele para os clientes certos.

Nesse momento, você deve estar se perguntando: mas quem são os clientes certos?

São aquelas pessoas que têm o perfil, e são potenciais clientes para utilizarem aquele serviço.

Vamos a um exemplo prático, você não pode sugerir para uma senhora aposentada que deixe o seu pet na hospedagem, pois você sabe que ela possui bastante tempo para passar com o pet.

Mas, em contra ponto, você pode sugerir um dog walker, pois esta mesma senhora não possui tanta mobilidade para passear com o seu cachorro. (Ei, falaremos desses serviços para pet shop depois.)

Você precisa sempre saber quem são seus clientes, quais são suas principais características e lhe dar dicas boas, que de fato podem ser seguidas.

E como você pode fazer isso? Possuindo um cadastro de clientes. SIM! É primordial, básico, essencial…. E é o que faz toda a diferença no seu relacionamento com o cliente.

Afinal, não há como saber tudo sobre os nossos clientes de cabeça. Ter uma colinha para isso não faz nenhum mal (e ninguém precisa saber). Ah, e existem sistemas como o Pet Shop Control que possuem mecanismos de automação para ajudar ainda mais nisso.

Programa de fidelidade: como começar

Antes de pensar em elaborar novos serviços para pet shop, você pode iniciar pelo mais simples. Elaborar maneiras mais atrativas de vender o que você já possui.

Uma boa dica e de baixo custo são os cartões de fidelidade. Sim, aqueles que você ao completar um número de serviços ganha mais um.

Mas, antes de colocar o programa em vigor você precisa se preocupar com alguns detalhes.

O primeiro passo é o planejamento: idealize quais serviços serão incluídos na contagem e qual vai ser o “bônus”, ou seja, estipular a cortesia que o cliente ganhará ao terminar o cartão de fidelização.

Com isso definido, você pode procurar uma gráfica para produzir os cartões. É importante definir a quantidade que será feita. Não mande fazer 2000 cards e sair entregando loucamente.

Você precisa saber quantas cortesias pode dar aos clientes sem se auto prejudicar. Então, como dissemos anteriormente, planejamento é tudo.

Se você não sabe como exatamente começar, faça apenas para uma quantidade reduzida de clientes. Para aqueles que são os de coração, sabe? Apenas como um teste.Se der certo e gostar do resultado, você pode fazer novamente em outro momento.

Agora vamos a algo relevante, as informações que os cartões devem conter:

  • Os dados da sua pet, nome, endereço, redes sociais, site, entre outros;
  • Local disponível para o nome do cliente, para que não seja transferível;
  • Espaços em branco para anotar (com data e rubrica) quando o serviço foi realizado;
  • Informar qual é a cortesia/bônus ao concluir aquele cartão;
  • E por fim, qual é a data de validade (afinal, a ação não deve durar a vida inteira).

Preste muita atenção também no layout e design desse cartão, ele deve seguir a identidade do seu negócio e claro, e consecutivamente ser bonito!

Nem pense em folhas de papel desenhadas no paint. Lembre-se que não é um gasto, é um investimento. Afinal, irá te dar retorno.

Tipos e categorias de serviços para pet shop

Fazendo uma pesquisa de mercado, elaboramos quais são os serviços (divididos por segmento) que qualquer pet shop pode oferecer para seus clientes de patas.

Claro que há opções mais elaboradas que exigem uma estrutura diferente, mas também existem estratégias para que seja possível oferecer essas opções ao seu negócio.

Serviços estéticos

Essa parte podemos classificar como aqueles que são voltados para a beleza, conforto e higiene do pet. A ideia é o deixar ainda mais bonito para o seu dono.  Vale a pena aqui inserir todos os mimos possíveis, como lacinhos, bandanas no pescoço e tudo mais (se o animal for receptivo a isso).

Alguns deles são: banhos, hidratação, tosa na máquina, tosa na tesoura, tosa higiênica, desembaraçamento, tingimento dos pelos, escovação de dentes, limpeza de ouvido e corte de unhas.

Para conferir o que você precisa para montar o seu pet shop, clique aqui.

Bem-estar

Os serviços para pet shop que envolvem esta parte se relacionam com a saúde do animal. Mas calma, não ligado ao fator de doença. E sim, como fator de prevenção de alguns problemas que o pet pode ter, como obesidade e estresse, por exemplo.

Sugerimos esses serviços: dog walker/passeador, prática de esportes guiada como natação e corridas, ioga, acupuntura e fitoterápicos (sessões de relaxamento).

Sabemos que muitas pets não oferecem dog walker ou ioga, por exemplo. Mas se você não tem interesse ou estrutura para adicionar esses serviços, você pode partir para algumas soluções mais simples. Como um parceiro ou contratar um terceiro para realizar os procedimentos.

Serviços médicos

Aqui irão consistir os serviços relacionados a saúde do animal, no sentido de tratamento e prevenção de doenças.

Podemos considerar: consultas clínicas gerais e especialidades, atendimento domiciliar, vacinação, preventivos e cirurgias.

Se você possui apenas um médico veterinário com atendimento clínico geral, pode também contar com parceiros que possam vir atender na sua loja mediante pagamento/comissão. E assim, atender também outras doenças. Com isso, você garante a fidelidade do seu cliente.

Educação

Consideramos aqui os serviços que possuem o intuito de oferecer um melhor comportamento através dos serviços oferecidos na pet shop.

São eles: adestramento e hospedagem (aprendizagem de convívio com outros animais).

Transporte

Para as opções de serviços que não podem ser oferecidos a domicilio, ou que o dono prefere que o animal seja atendido na loja/consultório.

Indicamos a oferta da tele-busca ou taxi dog.

Conclusão

Demonstramos aqui algumas maneiras para aumentar seu ticket médio, ou seja, o valor que cada cliente seu gasta (R$) na sua loja.

Existem uma série de estratégias e ações que podem já aumentar suas vendas com os serviços que você já possui na sua loja.

Mas, também vimos alguns serviços diferentes que vão te ajudar mais ainda a conquistar seus clientes.

Se você, não tiver estrutura para receber algum deles, não tem problema, pode buscar parceiros ou contratar um terceiro só para executar aquele serviço.

O importante é o seu cliente encontrar o que precisa com você, e caso não puder ajudar diretamente, mostre quem pode fazer isso por você.

Comente com nós quais serviços você tem na sua loja e quais pretende inserir futuramente.

Guia de marketing para pet shops

No votes yet.
Please wait...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *