[MINI CURSO] Gestão financeira para Pet Shops

Olá leitor! No artigo de hoje faremos um resumo do curso de gestão financeira para pet shops que a consultora Adriana Goes realizou em conjunto com o Pet Shop Control.

Foi um curso riquíssimo, composto de duas aulas com o total de 2 horas de duração.

Vamos deixar os links abaixo para todos possam rever e desmistificar cada vez mais as dúvidas referentes a questões de gestão financeira para pet shops.

Sobre a consultora, a Adriana tem formação em medicina veterinária e possui mais de 19 anos de experiência nesse mercado.

Em sua carreira, ela procurou aprofundar seus estudos e qualificações no setor financeiro, dado que é uma área da empresa em que as pessoas, em geral, tendem a ter certa dificuldade.

Hoje em dia ela é a responsável pela ValorPet, uma consultoria especializada em gestão financeira para pet shops.

Vale ressaltar, que se alguém estiver precisando de um auxílio na parte financeira, ela com certeza é alguém que nós do Pet Shop Control recomendamos.

No curso, Adriana procurou traduzir os conceitos financeiros, trazendo para a realidade das pet shops, usando exemplos práticos e simples de entender.

O mercado pet é um setor muito complexo.

Existem muitos tipos diferentes de empresas: empresas mistas, banhos e tosas, clínicas veterinárias, lojas de varejo, hospedagem, hospitais, day care, creches e por aí vai…

Além disso, temos uma enorme quantidade de fornecedores, com grande quantidade de mix de produtos.

E claro, todas essas questões são fatores que podem complicar a gestão financeira para pet shops, se você não souber que caminho seguir.

Um exemplo simples é o fato de termos grande diferença de peso dos animais, há animais de 5kg até 50kg. Por consequência, a quantidade de produtos a serem vendidos no mercado, como os vermífugos, variam conforme o peso do animal.

Aumentando ainda mais seu mix de produtos.

A gestão financeira para pet shops também pode ficar um pouco mais complicada conforme o estilo da loja, de acordo com o que oferece – apenas produtos, serviços ou ambos.

Além de também termos situações especiais nas formas de pagamento, por exemplo, é muito comum ver em pet shops clientes que consomem o mês inteiro, seja produtos ou serviços e só pagam no final do mês.

O empresário pet

O empreendedor do ramo de pet shops é algo a se estudar também.

Abrir uma pet shop é um forma que muitas pessoas estão usando hoje em dia para deixarem de serem empregados e virarem empregadores.

É muito comum ver pessoas que foram demitidas, juntaram seus fundos de garantia e usaram esse dinheiro como capital inicial para abrir uma pet shop.

Por sua vez o médico veterinário que sai da faculdade, também sonha em abrir sua clínica.

Porém, a faculdade lhe da uma visão muito abstrata e superficial sobre administração e gestão financeira para pet shops ou clínicas.

Como características do empreendedor pet temos: entusiasmo, trabalha com o coração e é muito criativo.

Crescimento do mercado pet 2017

Segundo os dados fornecidos pela AbinPet:

  • Dos 120 bilhões de faturamento mundial, o Brasil leva a terceira maior fatia desse mercado com 5,1% bilhões.
  • População animal no Brasil: 132 milhões – 52M cães, 37M aves, 22M gatos, 18M peixes e  2,2M outros.
  • 24 bilhões foi o faturamento em 2017.
  • Número de pets supera o número de crianças.

Parte 1: Mini curso de gestão financeira para pet shops

A gestão financeira para pet shops

Grande maioria dos problemas começam quando o assunto de gestão financeira para pet shops começa. Vamos desmistificar tudo isso:

Regime de Competência x Regime de Caixa

Esses dois regimes simbolizam como os lançamentos financeiros são registrados no financeiro de uma empresa.

Regime de competência

  • Representado pelo DRE – Demonstrativo de resultado do Exercício;
  • Reflete o ponto de vista contábil;

Exemplo prático: ao realizar uma compra de um fornecedor você da entrada dessa nota no seu valor total.

Regime de Caixa

  • Representado pelo DFC – Demonstrativo de Fluxo de Caixa;
  • Reflete o ponto de vista financeiro;

Exemplo prático: ao realizar uma compra de um fornecedor você da entrada dessa nota nas datas de vencimento dos boletos.

Depreciação

Depreciação é a perda do valor econômico dos bens que deve ser reconhecida de acordo com a sua vida útil. Exemplo prático:

Você compra uma bicicleta, paga 2000 mil reais e vende dela após 18 meses de uso por 200 reais.

Sua bicicleta teve uma depreciação de 1.800 em 18 meses.

Custos Fixos vs. Custos Variáveis.

Custos Fixos: não sofrem variação de acordo com o volume de produção.

Exemplo prático: o valor do aluguel, se entrar um cliente ou 1000 clientes, o valor de aluguel vai ser o mesmo.

Custos variáveis: variam de acordo com o volume de produção.

Exemplo prático: custo do shampoo no banho e tosa, dependendo da quantidade de serviços que você realizar, esse custo irá aumentar ou diminuir.

Ponto de Equilíbrio (PE)

Ponto de equilíbrio é o ponto de intersecção entre os custos totais (CT = Custos Fixos + Custos Variáveis) e o Valor de Venda.

Se nessa curva você estiver abaixo desse ponto, você estará com prejuízo, se estiver acima, você terá lucro.

ponto de equilibrio

Ponto de equilíbrio para gestão financeira para Pet Shops.

Capital de Giro

Recursos necessários para manter a operação do dia a dia.

O capital de giro dentro de uma pet shop é muitas vezes negligenciado ou desconhecido pelo empresário.

É o dinheiro que você precisa para pagar o salário dos funcionários, para comprar novos produtos dos fornecedores, ou seja, para deixar o seu negócio funcionando.

Inadimplência

Inadimplência é quando seu cliente não paga as dívidas em sua pet shop.

A inadimplência em uma pet shop pode causar um rombo no caixa fazendo com que o capital de giro seja sugado para pagar as contas e demais operações.

Tributação

Uma pet shop pode estar enquadrada no Lucro Real, Lucro Presumido ou Simples Nacional.

Grande maioria das empresas do Brasil estão no Simples Nacional.

Última grande mudança foi feita em 2018. A aplicação do Fator R para benefício da empresa.

Parte 2: Mini curso de gestão financeira para pet shops

Na segunda aula do curso, a Adriana Goes apresentou 10 dicas práticas para você aplicar na gestão financeira para Pet Shops. Confira:

Realmente, o setor financeiro é um do que mais dão nó na cabeça dos empresários. Muitas pessoas tem medo da matemática dos termos mais técnicos e não tão escutados no dia a dia.

O que é gosto de ver é que com simples duas horas investidas ao escutar esse mini curso de gestão financeira para Pet Shops que a Adriana realizou, muitos dos conceitos se mostraram muito mais claros.

Isso significa que investindo algumas horas por semana, em muito pouco tempo o financeiro de sua pet shop estará 100% claro e sem dúvidas.

Você tem sugestões de novos minicursos que podemos fazer?

Esperamos que você tenha aproveitado ao máximo esse material sobre financeiro para pet shops e tenha aprendido muito. Até a próxima.

Perdeu o PETCON 2018? Então, acessa esse post e confere os melhores momentos!

Rating: 5.0/5. From 1 vote.
Please wait...
Voting is currently disabled, data maintenance in progress.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *