Humanização de pets: devemos tratar nossos animais como humanos?

Humanizacao-vantagens

Você sabe o que é a Humanização de pets? 

Vamos falar sobre humanização de pets!

Não é novidade e nem são as últimas notícias que afirmam:  atualmente os casais estão deixando de ter filhos, seja por motivos financeiros, liberdade ou vontade mesmo, e estão optando por ter pets.

Esse fenômeno ocasionado pelo mercado pet foi chamado de humanização de pets, ou seja, quando seus donos tratam os animais como seres humanos.

A indústria pet, percebeu nessa humanização dos animais domésticos uma ótima oportunidade de crescimento.

Entretanto, mesmo sendo uma nova tendência para o mercado, a humanização de pets possui outra face da moeda, tornando-se uma das principais preocupações com a saúde dos animais e dos donos.

No artigo de hoje, vamos abordar ambos os lados, como usar essa novidade como uma boa oportunidade e quais cuidados tomar para não exagerar.

Lado positivo para o mercado

A humanização de pets é uma grande oportunidade para que as pet shops possam gerar mais receita.

Um bom conselho para quem quer começar é refletir quais  os itens que a pet deseja oferecer, com isso evitamos que sejam  feitos exageros.

Afinal de contas, ganhar dinheiro causando o mal para pessoas e pets não é algo esperado nos dias de hoje.

A pet pode oferecer uma nova cartela de produtos e serviços para seus clientes. Lembrando que para todos esses novos serviços e produtos, a saúde do pet deve estar em primeiro lugar.

Nunca expondo o animal a soluções estéticas que não beneficiam sua saúde, mesmo que seja uma exigência do dono. O seu compromisso com o bem-estar do pet deve ser maior.

Utilize a humanização de pets de forma consciente.

Crie novos serviços, melhorando o conforto do animal, como por exemplo:

  • melhorar a estrutura do seu hotel para pets.
  • ofereça pacotes de alimentação natural ao invés de rações.
  • ofereça serviços de passeio para seus clientes.
  • busque parceria com um adestrador.
  • tenha fornecedores de produtos que tenham uma linha mais orgânica.

 

Tratando animais como pessoas

Por que a  humanização de pets?

Animais domésticos são muito sensoriais, eles percebem nossas emoções muito antes de nós mesmo colocarmos para fora.

A humanização de pets vem com essa carga de responsabilidade que os animais carregam.

Nós, humanos, sentimos que temos em no pet um psicólogo, um melhor amigo e/ou um filho.

Quando precisamos de companhia, eles estão lá. Quem nunca passou pela situação de estar triste e o bichinho veio correndo com toda aquela alegria e pulou no seu colo lhe dando amor e carinho?

A humanização de pets foi criada acidentalmente com o intuito de devolver para os pets todos esse amor.

Mas, exageros estão sendo cometidos, as pessoas  têm cruzado a linha que diferencia pets de seres humanos.

Essa atitude, esse carinho e cuidados excessivos, têm explicação: de certa forma é como se nós estivéssemos sentindo um vazio em algo em nossas vidas e assim tentamos suprir nossas necessidades psicológicas aplicando um super cuidado nos pets.

O lado negativo da humanização de pets

Você já ouviu falar em antropoformismo?

Antropoformismo é quando uma pessoa atribui características humanas a um objeto ou a um animal, ou em outras palavras, humanização de pets.

De forma alguma os donos dos pets querem tratar mal seus bichinhos, mas o que devemos ficar atentos, é os cuidados em excesso, pois podem ser cometidos alguns exageros.

Tratar animais domésticos como humanos pode ser extremamente grave para o pet.

Por exemplo, ao levá-lo em um parque, carregá-lo em uma cesta para evitar que o animal se suje ou por zelar muito por sua proteção.

Especialmente para os cães, que são animais que precisam gastar energia todos os dias. Manter um cão ativo, com caminhadas e exercícios é fundamental para sua saúde.

Ao carregá-lo em uma cesta ao ir ao parque, seu dono o está privando do seu habitat natural e instinto animal.

Especialistas afirmam que carregar um animal preso na coleira desde pequeno, privando-o de socializar com outros animais, pode aumentar as chances do animal desenvolver problemas de saúde.

cachorro fazendo aniversário
Muito comum hoje em dia, donos fazendo festa de aniversário para seus animais.

Animais tratados como crianças

Cães são animais que possuem princípios de hierarquia muito fortes em sua personalidade. Eles precisam seguir um líder, e quando não os tem, eles se tornam os líderes.

Esse tipo de comportamento pode fazer com que a convivência entre pet e dono não se torne tão agradável.

O animal passará a não respeitar mais regras e comandos, irá rejeitar a ração dada, ou irá comer além do necessário.

Principais erros cometidos pelos donos

Lembrando que não estamos crucificando nenhum ato de carinho e proteção dado pelos donos.

O que queremos é educar em relação a humanização de pets.

Amor e carinho são bons e todo mundo gosta, o problema se agrava quando o exagero é feito.

Para te ajudar a entender quais são os principais exageros, iremos lista-los aqui para auxiliar na identificação de possíveis problemas:

  • Vestir seu pet conforme a moda. Uma coisa é seu pet ter sua roupa de inverno para os dias que estão frio. Outra coisa é mudar de roupa todo dia por que o pet “não pode repetir roupas”.
  • Tratá-los como crianças pequenas. Pets são animais e possuem instintos, ou seja, eles sabem se virar. Por exemplo, você já viu seu cão lambendo seu órgão genital? Pois é, ele está fazendo a limpeza do local, evitando o acúmulo de bactérias e outros germes. Se porventura colocamos alguma roupinha que tapa a região, o animal estará sendo privado dos seus instintos.
  • Levá-los para passear em cestas, carrinhos ou bolsas. Os pets precisam gastar energia para terem uma boa saúde. Quando na verdade o dono pensa que está protegendo seu animal de sujeiras ou alguma outra coisa, ele está fazendo um mal enorme para a saúde do pet.
  • Realizar procedimentos estéticos em pets. Por sua essência, os pets não precisam ter seu pelo mais brilhoso que os cabelos de uma modelo. Os animais precisam de afeto, gasto de energia e comida. O resto são extras.
  • Organizar festas de aniversário e casamentos para os pets. Pets são animais, não são seres humanos, esse tipo de evento é uma necessidade dos humanos. Animais precisam ir para o parque, brincar na grama, cheiras os outros animais e correr atrás de bolinhas.

Falando em serviços, você está calculando o preço de custo e vendas deles direito? Montamos um super conteúdo ensinando a fazer isso do zero.

Principais problemas que podem acontecer com a humanização de pets

O seu pet pode ser um ótimo animal, mas o seu comportamento  pode ficar comprometido. Eles podem se tornar agressivos, destruir os móveis e objetos da casa, urinar e defecar em lugares que não eram acostumados antes.

Outro grande ponto são os transtornos de alimentação. Esses transtornos podem fazer seu animal se tornar extremamente seletivo para as comidas ou ao contrário, tornar seu animal sedento por alimentos, chorando e pedindo comida a todo o instante.

Acredito que todos esses comportamentos são atos que não são desejados pelos donos.

Estou humanizando meu pet ou conheço alguém que está

O primeiro passo é sem sombra de dúvidas reconhecer essas atitudes, conversar com a família e o cônjuge pode ser uma grande primeira ação.

Para casos mais extremos a sugestão é conversar com o veterinário para alinhar os pontos necessários.

Em algumas situações, pode ser aconselhado um medicamento para o animal e sessões de adestramentos.

Lembrando que o problema todo se origina no dono do animal.

A dica que fica é pensar pelo momento que o humanizados está passando em na vida e perceber que essas atitudes ao contrário de fazer bem para o animal, como esperado pelo dono, podem estar fazendo mal.

Para circunstanciais que possam fugir do controle, a orientação é do dono ir em algum psicólogo ou algum médico da área comportamental.

É muito legal tratarmos nossos animais com carinho e amor, mas não esqueça que são animais e não bebês recém nascidos.

Pode não parecer, mas a pet tem grande responsabilidade no bom uso da humanização de pets, se os serviços oferecidos, como o alisamento de pelos utilizar produtos químicos fortes e isso não é necessário, ou não é a única opção no mercado.

Se souberem que você usa produtos que evitam danos a saúde dos animais, os donos vão confiar na sua pet de confiança e realizar os serviços.

Seja consciente na humanização dos pets, eles precisam de carinho sim, mas não se esqueça que são animais.

Abraços e boa gestão.

guia de inovacao pet shop

No votes yet.
Please wait...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *