Pet Shop: você está fazendo seu fluxo de caixa corretamente?

fluxo de caixa da pet shop

Como você faz o fluxo de caixa do seu negócio?

Separa todos os dados apenas em “receitas” e “despesas” e faz as contas?

E de quanto em quanto tempo você faz o fluxo de caixa? Diariamente? Mensalmente? Anualmente?!

Tem uma planilha base para fazer o cálculo? Ou cria uma todas as vezes em que precisa?

A razão para essas perguntas no começo do post é simples. Nesse texto, vou mostrar na prática como elaborar um fluxo de caixa eficiente para sua pet shop.

Então, se você tiver alguma dúvida específica, fique à vontade para ir diretamente até ela.

Mas, se quiser aprender tudo o que precisa para fazer o fluxo de caixa corretamente, vale a pena conferir todo o conteúdo que preparei para você.

Vamos lá!

Sabe qual é o saldo atual do seu pet shop?

Para elaborar o fluxo de caixa de forma completa, você precisa saber exatamente o quanto sua pet shop possui em caixa nesse momento.

É a melhor maneira de saber com quais recursos você pode contar, bem como descobrir do quanto você precisa para chegar ao ponto de equilíbrio do seu negócio.

É um passo simples, mas muito importante para acertar o fluxo de caixa.

Você separa cada tipo de despesa e receita?

O primeiro passo para fazer um fluxo de caixa correto é separar as despesas e receitas por tipo. Existem despesas por contas, impostos, compra de estoque, etc. Da mesma forma, há receitas oriundas de cartões de crédito, crediário, vendas à vista, atendimento, entre outras.

É um inventário das suas contas.

Essa definição é importante para você saber a origem das saídas e entradas.

Por exemplo, se a maioria dos clientes concluem as vendas com cartão de crédito, você pode pensar formas de rentabilizar em cima disso, oferecendo condições especiais para eles.

Isso também funciona para as saídas. Quanto mais você define, fica mais fácil encontrar e corrigir o escoamento de capital da sua loja, ou seja, descobrir para onde seu dinheiro está indo.

Está com dúvidas sobre a importância do fluxo de caixa para sua pet? Provei aqui como esse processo pode ser fundamental. Veja!

Faz o registro de todas as entradas e saídas do caixa da sua empresa?

Você precisa registrar absolutamente todas as entradas e saídas que sua empresa tiver, sempre apontando a data exata em que a transação foi efetivada.

Vendas à vista e a prazo, custos fixos e variáveis, contratação de equipamentos, doações, juros, impostos, enfim: tudo deve constar na sua planilha de fluxo de caixa.

De quanto em quanto tempo você faz o fluxo de caixa da pet shop?

Não existe um período ideal pré-definido para fazer o fluxo de caixa.

Na verdade, a melhor maneira é conferir o fluxo de entradas e saídas diariamente. Isso ajuda a evitar surpresas e identificar eventuais falhas de venda, problemas com os produtos e verificar se alguma informação foi lançada equivocadamente.

Para complementar o monitoramento diário, você também deve mensurar o fluxo a cada mês e anualmente também.

O balanço anual das contas permite que você tenha uma visão ampla do negócio. Que serviço me deu mais lucro? Em quais meses mais faturei? Em que período do ano preciso me preparar para vender mais?

Você só terá essas respostas se fizer o fluxo de caixa da sua empresa em um intervalo maior de tempo.

Você inclui no fluxo de caixa dinheiro que ainda não caiu na sua conta?

Prevenção de riscos é palavra-chave para administração de um negócio de sucesso. O ditado “mais vale um pássaro na mão do que dois voando” cai como uma luva nesse caso.

Você nunca deve contar com dinheiro que ainda não entrou na sua conta. Não importa o tamanho do pagamento, há sempre o risco de atrasos ou de inadimplência.

E, se você fechar algum investimento contando com aquele dinheiro, pode comprometer sua credibilidade no mercado.

Portanto, nunca considere montante de pagamentos parcelados em seu fluxo de caixa. Só inclua em sua planilha o que, de fato, foi transferido para a conta da empresa.

Reserva um capital para emergências?

Um conselho que dou para você em relação a fluxo de caixa é: imprevistos acontecem. Logo, evite comprometer muitos recursos da empresa previamente.

É interessante sempre descontar – criando uma classificação específica – uma parcela mensal do faturamento para cobrir situações emergenciais.

Não precisa ser muito.

É só uma forma de garantir que você terá sempre um suporte financeiro para cobrir eventuais ocorrências como a quebra de um equipamento, perda de parte do estoque, reparo na loja, etc.

Você tem um modelo de planilha sob medida para montar o fluxo de caixa?

Não dá mais para perder tempo com anotações imprecisas, incompletas e sem padrão feitas em papel. Você precisa informatizar a gestão da sua pet shop!

Encontre em minutos – até segundos – dados que você pode levar horas para encontrar em meio a pilhas de papel e documentos separados.

Não sabe como passar as informações de forma clara para o computador? Sei que pode ser difícil encontrar a maneira ideal de organizar o fluxo de caixa em uma planilha.

Por isso, se você estiver precisando de uma planilha completa para montar seu fluxo de caixa e ganhar tempo, baixe essa aqui.

É gratuita.

É um modelo completo, pelo qual você pode:

  • Observar o controle de toda a movimentação do caixa e do que foi vendido no dia;
  • Apontar todas as entradas e saídas, especificando a forma de pagamento;
  • Identificação do fluxo diário;
  • Criação do fluxo mensal.

Como você pode ver, as respostas para aquelas perguntas que fiz logo no começo do texto são fundamentais para você saber se está fazendo seu fluxo de caixa corretamente ou não.

Então, procure respondê-las.

Se for necessário implementar as mudanças, não tenha tanta pressa. Claro que é preciso fazer rápido, para evitar mais perdas e erros no planejamento.

Contudo uma mudança gradual e segura é tão importante quanto para manter suas contas em ordem e para você se adaptar a essas novas práticas de gestão financeira.

Caso ainda esteja com alguma dúvida, não hesite em deixar seu comentário.

Estou aqui para ajudar você!

cta_ebook-9-passos-certeiros

No votes yet.
Please wait...

1 thought on “Pet Shop: você está fazendo seu fluxo de caixa corretamente?

  1. Parabéns pelo empenho em solucionar os problemas dos novos empreendedores no segmento de pet.

    No votes yet.
    Please wait...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *