Eu quero abrir o meu pet shop ou clínica veterinária: gastos e investimentos iniciais [1]

Esse é o terceiro post da série e agora chegamos ao ponto dos cálculos iniciais para abrir o seu negócio. Como o tema é bem complexo vamos dividi-lo em 3, hoje eu vou dar a introdução ao assunto e falar sobre o INVESTIMENTO INICIAL. Se você não leu os posts anteriores, sugiro que leia para entender melhor. Deixo aqui os links que te levam diretamente aos posts:

Eu quero abrir o meu pet shop ou clínica veterinária: como começar

Eu quero abrir o meu pet shop ou clínica veterinária: plano de negócios

Vamos conversar sobre uma das questões mais importantes da série, onde vale a pena investir muito tempo em pesquisa e estudo. Seja qual for a maneira que você elaborou seu plano de negócio, tenha em mente que precisa ser realista sobre os gastos que enfrentará no negócio. Não faça suposições, nem seja otimista demais, isso é sério, e precisa ser o mais concreto possível. Então antes de consultar suas fontes de financiamento, seus sócios ou qualquer outro tipo de ajuda que você, por ventura, vier a utilizar, você precisa ter certeza da composição dos gastos que vão te deixar com o sonho de ter seu negócio próprio aberto.

Para começar essa composição é necessário ter três conceitos: INVESTIMENTO, CUSTOS E DESPESAS.

* Investimento é todos os valores despendidos para a montagem da empresa até que ela esteja em condições de funcionar.

* Custos são todos os valores que a empresa vai utilizar depois da abertura para que possa funcionar, são chamados custos de operação.

* Despesas são os valores para comercializar os produtos e serviços que a empresa oferece, esses são chamados de despesas comerciais, muitas despesas vão se repetir ao longo do tempo, seja mensalmente ou permanentemente.

Plano de negócios para pet shop: por que ter e como fazer

Tenha em mente que o INVESTIMENTO inicial deve ser recuperado em um certo tempo, se a empresa der certo, é claro. Em alguns meses ou anos o valor gasto deve ser devolvido em forma de lucro. Já o lucro sobre os custos e despesas deve ser recuperado em cada venda que você faça, seja produto ou serviço, você precisa que cada unidade vendida recupere o valor gasto. Por esses motivos, a importância de saber exatamente o que vai gastar em custos e despesas em cada serviço ou produto que você oferece aos seus clientes.

No caso do investimento inicial, antes de desembolsar o primeiro Real, pesquise, estude e relacione todas as despesas que terá, por exemplo, com o imóvel, instalações, equipamentos, contratações de serviços, contratação de empregados, treinamento, documentação, legalização da empresa e etc. Tenha em mente que em todas as empresas acontecem imprevistos, como gastos não planejados ou queda nas vendas, então tenha sempre um bom capital de giro para passar por essas situações sem correr riscos.

Para te ajudar nessa situação do investimento inicial vou deixar um quadro de planejamento para os gastos iniciais. É importante saber quanto e quando você vai pagar. Os valores do quadro são simbólicos, só para você ter uma ideia do cálculo realizado.

Investimento (antes da abertura do negócio) 
Detalhamento da conta 1º mês 2º mês 3º mês Subtotal
Investimento em instalações  R$     1.000,00  R$     2.000,00  R$     1.000,00  R$     4.000,00
Investimento em veículos  R$   10.000,00  R$   10.000,00  R$   10.000,00  R$   30.000,00
Investimento em equipamentos  R$     2.000,00  R$     3.000,00  R$     2.500,00  R$     7.500,00
Serviços de terceiros  R$     1.000,00  R$     1.000,00  R$     2.000,00  R$     4.000,00
Materiais e utensílios  R$         300,00  R$         500,00  R$     1.000,00  R$     1.800,00
Gastos para a abertura da empresa  R$     2.000,00  R$                  –  R$                  –  R$     2.000,00
Reserva para gastos  R$     5.000,00  R$                  –  R$                  –  R$     5.000,00
Estoques  R$     1.000,00  R$         100,00  R$         200,00  R$     1.300,00
Subtotal  R$   22.300,00  R$   16.600,00  R$   16.700,00  R$   55.600,00
Reserva para capital de giro  R$                  –  R$   10.000,00  R$                  –  R$   10.000,00
Total  R$   22.300,00  R$   26.600,00  R$   16.700,00  R$   65.600,00

Lembre-se, os valores apresentados são todos simbólicos, o quadro só mostra como você pode elaborar essa programação do investimento inicial necessário.

É muito importante ressaltar que é preciso muita pesquisa para chegar nos valores corretos e que esses valores precisam chegar o mais próximo possível dos verdadeiros. Não se pode começar uma empresa omitindo o quanto você precisa de investimento, imagina se você oculta alguns valores, só para dizer que vai dar certo, e quando acontece a inauguração e os meses passam, você começa a perceber que está tendo muito mais gastos que o planejado e que o resultado financeiro não está nem perto do que você desejava. E ai, o que vai fazer nessa hora?

Tenha em mente que a maioria das empresas não durão mais que 3 anos, exatamente por pecarem nessa etapa de planejamento. Então se você ainda não começou a pesquisar, mãos à obra! Se você já pesquisou, repasse novamente tudo o que foi colocado e verifique se você foi sensato em tudo.

Eu quero abrir o meu pet shop ou clínica veterinária: gastos e investimentos iniciais [2]

Não faça igual a todo mundo, seja diferente!

Um grande abraço e até o próximo post sobre os custos variáveis e fixos.

cta_quero-abrir-um-pet-shop-ou-clinica-vet

No votes yet.
Please wait...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *