Descubra agora como escolher a melhor ração para seu cachorro

escolher a melhor ração para cachorros

Quem tem um cachorro sabe que há muita variedade quando o assunto é ração. São marcas, sabores, características, cores e outros pontos que podem criar uma grande dúvida na mente: qual será e como escolher a melhor ração?

De imediato, a resposta pode parecer aquela que é mais divulgada ou conhecida pela maioria das pessoas, mas isso nem sempre se aplica. Há detalhes importantes que devem ser analisados para escolher a melhor ração do seu pet, neste que é um segmento que movimenta altas cifras.

De acordo com uma pesquisa da CVA Solutions, donos de cães costumam gastar R$ 294 por mês, sendo que R$ 121 são destinados à ração. Já a Abinpet divulgou que, em 2018, o faturamento do mercado pet no Brasil foi de R$ 20,3 bilhões, dos quais 68,6% (R$ 13,92 bi) foram gastos na área de “pet food”.

Ao saber o que deve ser analisado, você terá um olhar crítico e preciso na próxima vez que precisar abastecer o estoque de ração, poderá escolher aquela reúne o maior número de benefícios e, de quebra, o seu cachorro terá condições de estar ainda mais saudável e feliz!

Como escolher a melhor ração para cachorros?

O processo pode ser um pouco mais complicado no começo, mas depois de conhecer os pontos fundamentais, a comparação entre as embalagens e características dos produtos será feita em questão de segundos!

Considere o perfil do animal

A escolha da ração deve ser feita de acordo com as necessidades do seu pet, já que esse será o principal (ou único) alimento que ele consumirá. Por isso, veja as seguintes perguntas e anote as respostas em um papel ou no celular:

  • Qual é a idade do cachorro?
  • Qual é o nível de exercícios físicos?
  • Qual é a raça?
  • Ele é castrado ou não?

Essas são questões fundamentais, já que as características, o comportamento e o estado geral de saúde do animal precisam ser levados em conta para comprar a ração.

Filhotes e cadelas que estão amamentando precisam de mais energia, em oposição ao que acontece com os idosos. Da mesma maneira, os que se exercitam bastante precisam de uma quantidade maior de calorias do que aqueles menos agitados.

Ao escolher a ração certa e oferecer porções equilibradas, é possível evitar problemas de saúde ao cão em decorrência da obesidade.

Alguns fabricantes de ração fazem produtos específicos para cada raça, enquanto outros separam por raças grandes e pequenas. O melhor a se fazer é escolher um produto de boa qualidade e cujos grãos possam ser ingeridos e mastigados de maneira confortável e segura pelo cão.

Leia os ingredientes com cuidado

Você sabia que os ingredientes são listados em ordem decrescente de concentração no alimento, ou seja, o primeiro item é o que está presente em maior quantidade? Nem todo mundo sabe disso (o que inclusive se aplica aos rótulos de alimentos em geral), mas este é um conhecimento bem importante.

De preferência, carne e farinha de carne devem aparecer no início, porque contêm uma grande concentração de água e trazem os nutrientes, vitaminas e minerais necessários. Cachorros são onívoros, e apenas em casos específicos (e com a orientação de veterinários) devem ter uma dieta vegetariana.

Na pesquisa, também é importante se assegurar de que o primeiro ingrediente não seja um grão, tubérculo ou vegetal, como milho moído, já que por mais que não faça mal à sua saúde, isso não quer dizer que se trate de um ingrediente com bom valor nutricional.

Conheça também sobre e AN: Alimentação Natural para pets.

Pesquise sobre as marcas

Nem sempre as embalagens de ração trarão informações sobre o fabricante, como seu tempo de atuação no mercado e os padrões de qualidade seguidos. Logo, essa pesquisa pode ser considerada como uma lição de casa pelos donos.

Depois de ver quais são as opções indicadas para o perfil do seu cachorro e analisar as marcas disponíveis, vale a pena entrar no site da empresa e verificar maiores informações sobre ela.

As redes sociais também servem como uma fonte de informações, já que clientes daquela marca costumam deixar suas opiniões sobre os produtos, o que pode ajudar na hora de tirar a dúvida entre os fabricantes.

Converse com um veterinário de sua confiança

Todos os pontos citados são importantes, mas a avaliação do dono de um cachorro é diferente da de um veterinário, profissional que tem conhecimento sobre os animais e também sobre os produtos desse universo.

Na visita do seu pet ao veterinário, pergunte a ele quais são as melhores opções de ração no mercado, principalmente que se adequam às características do seu cachorro. Isso pode te fazer conhecer novos produtos com potencial de influenciar positivamente na saúde do animal.

Dicas fundamentais para escolher a ração do seu cachorro

Além das sugestões citadas, outras dicas também podem lhe ajudar a conhecer os produtos de boa qualidade e a descartar aqueles que não são tão saudáveis.

  • Corantes não costumam ser bons ingredientes, já que são utilizados para chamar a atenção dos donos, mas podem ser prejudiciais, exceto raras exceções, como os corantes naturais. Prova disso é que as rações mais caras costumam não ter colorações especiais.
  • Adoçantes também são elementos que devem ser evitados, já que sua finalidade é a de atrair a atenção dos cachorros, geralmente para alimentos de baixa qualidade, além de poderem resultar em diabetes, infecções, alergias e outras doenças.
  • Há quatro classificações de ração no mercado: econômica, standard, premium e super premium, em ordem crescente de qualidade e preço. As duas últimas opções são as mais indicadas, por serem desenvolvidas com ingredientes de maior qualidade e valor nutricional.
  • Caso o seu cachorro possua algum problema de saúde, como obesidade, alergias ou doenças cardíacas, pode ser necessário recorrer a rações especiais, conhecidas como terapêuticas ou medicamentosas. Para isso, conte com a ajuda de um veterinário.

Depois de conhecer os principais cuidados e as melhores dicas para escolher entre tantas opções de rações para cachorro, você estará apto a escolher o alimento que melhor atenderá as necessidades nutricionais do seu pet e que, além disso, o deixará bonito, feliz e saudável!

No votes yet.
Please wait...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *