4 dicas sobre remuneração variável para os colaboradores de sua pet shop

remuneração variavel

Utilizar a estratégia de remuneração variável no seu pet shop, pode trazer resultados muito interessantes para sua equipe.

Uma das coisas mais importantes quando somos donos de um negócio é pensar nas pessoas que vamos trazer para o nosso time, para a nossa “família”.

Os colaboradores do negócio devem sempre receber total atenção dos empreendedores.

É nessas horas que surge a dúvida, devo pagar somente um salário fixo para o meu funcionário ou devo comissioná-lo também?

Essa é sempre uma questão interessante e é preciso pensar na satisfação de quem está trabalhando com você para tomar essa decisão.

As duas maneiras de trabalho, fixo + comissão ou somente fixo, são práticas comuns no mercado pet.

O que você precisa saber na hora de decidir é qual vai utilizar  com perfil de equipe que quer ao seu lado.

Normalmente quando você quer volume de trabalho, optar por comissionar o funcionário é mais vantajoso.

Assim você o motiva a querer produzir cada vez mais e isso faz  ele receber um salário  maior no final do mês.

Essa modalidade de remuneração é mais voltada para pessoas motivadas, que gostam de trabalhar no limite máximo.

Principalmente, que gostam de ser desafiadas, normalmente pessoas com espírito competidor na veia!

Agora se você prefere pessoas mais passivas, que gostam de atender com calma, que não gostam de trabalhar sob pressão, que se sentem mal ao serem desafiadas.

O melhor mesmo é trabalhar na modalidade de salário fixo apenas, assim você paga sempre o mesmo valor de salário todo mês e precisa motivar a produtividade de outras formas.

Isso é uma decisão basicamente sua, a ideia deste post é dar dicas para você trabalhar com remuneração variável para os colaboradores da sua pet shop.

Particularmente gosto mais de trabalhar com remuneração variável, acredito que motiva o funcionário a querer sempre mais.

Além disso,  ele se torna o responsável pelo próprio aumento de salário, afinal, quanto mais ele trabalha, mais ele ganha.

Só que não é 100% certo que o resultado vem, como eu falei anteriormente, vai depender única e exclusivamente do perfil de pessoas que você quer a sua volta.

No post de hoje vou dar 4 dicas sobre remuneração variável para os colaboradores de pet shop.

A ideia principal é você entender um pouco melhor como pode implementar no seu negócio esta prática.

Então vamos lá…

Mantenha os salários médios praticados no mercado

A remuneração variável te permite trabalhar com um salário fixo menor, um funcionário produzindo mais, irá consequentemente ganhar mais.

O ideal é que você pesquise os valores do mercado, trabalhe com uma variação alta e com bônus progressivos conforme o atingimento de metas.

Faça com que a pessoa do seu time se sinta motivada a atingir todas as metas, por isso você pode trabalhar de duas formas na remuneração variável.

 

Remuneração por serviço prestado e produto vendido ou por metas atingidas, vou explicar as duas funcionam no exemplo a seguir:

Remuneração por serviço prestado

A remuneração por serviço prestado ou produto vendido é aquela que a maioria dos empreendedores utilizam.

Quando um funcionário realiza um serviço ou vende um produto, ele receberá um percentual sobre o valor faturado.

Usando um exemplo prático, eu sou um banhista e recebo 10% em cada serviço que eu presto.

Realizei um banho que custa 35 reais, logo eu recebi 3,50 reais de comissão.

Essa é uma das práticas mais utilizadas, você mantém o seu colaborador motivado a fazer cada vez mais.

Pois assim irá ganhar um salário maior.

Remuneração por metas

Já essa remuneração é um diferente, você estipula metas e quem as atingir recebe um bônus, diferentemente do exemplo anterior.

Desta forma você estimula o seu funcionário a atingir os melhores resultados para ganhar mais.

Exemplificando, estipulamos que se atingirmos 30 banhos no mês o valor de comissão é 300 reais.

Se atingirmos 50 banhos no mês o valor é de 1000 reais.

Sendo assim, a cada meta atingida o valor da comissão é diferente, logo você estimula a obtenção de resultados.

Qual a principal diferença entre os dois tipos de remuneração variável?

No primeiro o funcionário sabe que a cada serviço que ele faz o valor não mudará.

Já no segundo o colaborador precisa atingir um resultado mínimo para receber a comissão e se atingir a “super meta” poderá ter um bônus ainda maior.

Particularmente prefiro a segunda opção, mas isso é uma preferência minha, pois gosto de desafios.

Usando a comissão por serviço prestado você motiva seu funcionário porque ele saber que se vender vai ganhar.

Usando a remuneração por metas você consegue colocar um desafio.

Motivando o seu colaborador a ganhar o maior bônus possível, assim os dois saem felizes.

A decisão é sua, como eu falei anteriormente, tudo vai depender de como a sua equipe gosta de atuar, se é mais ativa, passiva ou desafiadora.

Repassando então o que foi discutido, pesquise qual o valor médio do salário fixo dos empreendedores do mercado pet que pagam comissão.

Use um valor adequado para o seu time, um valor que motive ele a querer ficar na sua empresa e não trocar por um concorrente.

Pesquise também qual das duas opções o mercado está usando mais, avalie se encaixa com o perfil do seu time e utilize ela, pague valores de comissionamento competitivos.

A melhor maneira de tomar as decisões certas no mercado pet é pesquisando as medidas que dão certo.

A remuneração variável nunca deve ser um ônus

Agora um detalhe extremamente importante, NUNCA podemos usar a remuneração variável se você irá sair perdendo.

Toda vez que usamos este tipo de remuneração, é importante frisar que ela não pode se tornar um ônus.

Quando você decide que vai comissionar por serviço prestado por exemplo, é importante que coloque o percentual de comissão no preço de custo.

Quem paga essa conta não é você, é o cliente! É preciso detalhar bem todos os custos que essa prática vai te trazer.

Porém, às vezes a motivação do colaborador em produzir ainda mais para ele ganhar.

Pode te trazer um rendimento maior e com isso reduzir o seu ônus na quantidade.

Não é legal correr esse risco, o ideal é calcular quanto você gasta para  motivar o seu funcionário e isso deve entrar no teu custo.

Se valer a pena, legal você está no caminha certo!

Agora se não estiver valendo a pena, aumente o fixo do seu colaborador e pare de pagar a comissão.

Outro ponto para ficar ligado é a qualidade do serviço, com o comissionamento você motiva o time.

Mas pode ser que a qualidade caia em busca de uma quantidade maior.

Isso não pode acontecer, pois o ônus de perder um cliente é tudo aquilo que não queremos.

Já tivemos tanto trabalho para conquistar o cliente não é?

Para finalizar, cuide também para não usar metas muito inalcançáveis, ou então valores muito baixos.

O importante aqui é a motivação das pessoas que trabalham com você, então é preciso que você cuide do seu time.

Eles precisam se manter motivados sempre e não podem ser desunidos, um tem que batalhar pelo outro.

Assim você terá muito mais bônus do que ônus.

Consequentemente  eles só terão motivos para sorrir!

Defina metas claras, objetivas e atingíveis

Aproveitando que falei sobre as metas inalcançáveis, vamos para a terceira dica! As metas precisam ser claras, objetivas e atingíveis.

“Mas Rodrigo, eu não sei o que seria uma meta atingível”.

É simples na verdade, você já tem uma média de banhos no mês.

Por exemplo, você sabe a capacidade que cada um dos teus banhistas produz no mês.

Logo, já sabemos quantos banhos é a meta e quantos banhos é a supermeta.

Use essas variáveis para começar e planeje o ano todo.

Exemplificando, se faço 30 banhos no mês, mas fico metade do mês ocioso.

Minha meta é manter esses 30 banhos, minha super meta é fazer 50 banhos.

Assim já conseguimos começar a trabalhar com as metas, mostrando que é possível atingir.

Pois já realizamos os 30 banhos e mostrando onde queremos chegar.

É preciso ser bem objetivo e claro nessas horas, se a meta é 30, a meta é 30, não é 29.

Não pode deixar margem para discussões, essas metas precisam ser cumpridas.

Caso não sejam alcançadas só existem duas possibilidades, ou o processo está ruim ou seu funcionário não está se esforçando.

A partir disso você consegue ser muito claro com a sua equipe, você está dando a oportunidade deles ganharem mais.

Não só ganharem mais, como também crescer profissionalmente, logo vocês querem que eles se dediquem  para atingir as metas.

Tenho certeza que com isso seu time vai produzir cada vez mais!

Use a ferramenta adequada para gestão de equipes

De nada adianta ter a prática de tudo isso que falamos aqui neste post, se você não conseguir ter uma gestão adequada para sua equipe.

Primeiro de tudo é preciso saber o quanto e como estão produzindo, e qual a capacidade ainda atendem.

Depois é preciso saber o qual é o valor, quando e como vai ser pago..

Embaralhou a cabeça? Pois então, só falando já confunde a mente, imagina tendo que administrar tudo isso.

Você pode gerir o comissionamento da sua equipe de diversas formas.

De cabeça, no caderno, em planilhas ou em um software de gestão para o mercado pet.

  • Controlar tudo isso de cabeça? Eu não vou nem comentar. Com tanta tecnologia disponível por aí, usar a memória é a mesma coisa do que não controlar

Desculpe a sinceridade, mas sua memória não é tão boa assim.

A menos que você tenha 5 banhos por mês e a comissão seja só pra você!

  • Controlar em caderno chega a soar estranho não é? Essa é a modalidade mais arcaica que existe, claro que é menos pior do que não ter controle, mas não né!?

Você irá se perder, mais cedo ou mais tarde, seus funcionários podem ficar chateados.

Vai que você esqueça de anotar algo, olha quanto tempo até calcular tudo.

  • Controlar em planilhas já é algo legal, você já está usando tecnologia e isso é um avanço.

Mas, as planilhas não fazem nada sozinha não é? Se uma venda é realizada, não é possível já identificar o vendedor, para atualizar o valor de comissão.

Com uma planilha sua única facilidade é não ter que calcular os valores, mas tem que saber as formulas do excel.

  • Controlar com um sistema de gestão é o ideal, você usará a tecnologia disponível ao seu favor e para o bem de todos.

Tudo pode ser automatizado em um software.

Você só precisará configurar o percentual de comissão, finalizar as vendas e informar que pagou o funcionário.

O resto pode ser tudo automático, ou seja, você só precisa visualizar a informação e cumprir o seu papel de gestor.

guia de marketing para pet shop

O que aprendemos sobre remuneração variável?

O que eu sempre falo para quem está no mercado pet é:

Invista em gestão e procure sempre por parceiros que entendem do mercado no qual você está inserido.

Quando for procurar por um software, procure por um fornecedor só para o mercado pet, procure alguém que saiba os problemas que você irá enfrentar.

Aqui neste blog, falamos sobre as melhores práticas para você empreendedor.

Logo são dicas somente para o mercado do qual nós entendemos.

Os mercados brasileiros são completamente diferentes, um não tem quase nada a ver com o outro.

A única coisa que é bem parecida é a dificuldade de empreender no Brasil, mas isso é assunto para um outro post.

O nosso assunto aqui é remuneração variável e chegou a hora de repassar o que falamos aqui para finalizar o assunto.

Então, as dicas foram:

  1. Mantenha os salários médios praticados no mercado;
    2. A remuneração variável nunca deve ser um ônus;
    3. Defina metas claras, objetivas e atingíveis; e
    4. Use a ferramenta adequada para gestão de equipes

Mas, o mais importante de tudo isso é saber como o seu time gosta de trabalhar, se o perfil da sua equipe é movido a desafios.

De nada adianta implementar uma metodologia de remuneração variável se as pessoas que trabalham ao seu lado não tem esse perfil.

O foco do seu negócio são as pessoas que trabalham para você e as pessoas para quem você trabalha.

Unindo a felicidade destes dois lados, você será feliz e o seu negócio será de muito sucesso!

No votes yet.
Please wait...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *