Atendimento veterinário 24 horas: o que é preciso saber

Atendimento Veterinário 24 horas

As vendas de serviços de clínicas veterinárias, estão crescendo no Brasil e também o atendimento veterinário 24 horas. Segundo um estudo realizado na USP (Universidade de São Paulo) em 2015, o Brasil é o segundo país com maior número de clínicas veterinárias.

Cada vez mais os tutores de bichinhos está preocupada com a qualidade de vida dos pets.Com isso, vemos um mercado em expansão, uma grande variedade de tipos de atendimento, desde cuidados essenciais com atendimentos preventivos, emergenciais e, até estéticos.

O atendimento veterinário pode ser comparado ao atendimento humano em alguns casos, pois já existem especialidades, procedimentos e exames semelhantes aos realizados por pessoas.

Essa tendência de mercado ocorre num momento em que o consumidor tem o pet não mais como animal de estimação, mas sim como um membro da família.

A busca por conveniência em atendimentos clínicos para os bichinhos, faz com que esse serviço tenha horários estendidos.

É por isso que vamos explicar nesse post como você pode gerenciar uma clínica 24 horas e porque apostar nesse modelo.

Como montar uma clínica de atendimento veterinário 24 horas

Para estruturar um negócio que tenha atendimento em tempo integral você precisa avaliar:

# Infraestrutura: Primeiro tenha um estudo da região em que pretende ter um negócio 24 horas. Por exemplo, se é acessível para que os clientes possam chegar a sua clínica a qualquer momento. De preferência que tenha estacionamento, o que facilita a chegada de atendimentos emergenciais.

# Segurança: é importante ter uma estrutura de proteção tanto para você quanto para quem está indo consultar na sua clínica. Afinal, além de acessível, é preciso que a entrada e o interior da loja sejam acolhedores, de preferência com referências para casos de emergência, como lojas próximas, uma comunidade ativa, ou segurança particular no estabelecimento.A realidade brasileira exige que você tenha um investimento específico para essa área caso tenha um atendimento 24 horas para pets.

# Demanda: conheça o seu público. Realize uma pesquisa de mercado para saber se vai ter clientes para atender no período integral e noturno.Tendo a necessidade por parte dos clientes, é mais fácil que você fortaleça sua marca em pouco tempo, claro, sabendo quem é este público que precisa desse tipo de atendimento.

# Comunidade: Avalie negócios próximos ao local da sua clínica. Se você tiver a oportunidade de fazer parcerias no entorno, isso pode gerar um ambiente colaborativo. Além de melhorar seu dia a dia fortalecendo o seu negócio na comunidade, ainda pode gerar marketing e aumento no seu faturamento a partir de indicações.

Tipos de atendimento veterinário 24 horas

As clínicas para pets variam de acordo com o foco do empreendimento. Seu negócio pode ser voltado para especialidades específicas, serviços gerais ou os dois.

Vamos explicar um pouco sobre especialidades.

Consultas

Esse tipo de atendimento pode ser vista em duas etapas: a consulta clínica geral, que abrange avaliações preventivas, revisões, e diagnóstico em casos mais simples.

Em alguns casos esse tipo de atendimento pode ser encaminhado para à consulta especializada, que vai ter uma análise de acordo com as especialidades.

Consultas especializadas, geralmente, são feitas com um acompanhamento do quadro clínico do pet.

Para esse tipo de atendimento, existem equipamentos específicos necessários para receber esses pets.

Alguns exemplos são: oftalmologia, neurologia, nefrologia, fisioterapia, endocrinologia, ortopedia e oncologia.

Nesses últimos casos, é necessário ter especialistas responsáveis pelas áreas referentes.

Uma forma de abranger muitas especialidades é buscando profissionais parceiros.

Centro de diagnóstico

Voltado mais para realização e análise de exames, os centros de diagnóstico são um complemento para esse acompanhamento de especialidades clínicas.

Normalmente, para ter um centro de diagnóstico é necessário ter um investimento em equipamentos e equipes multidisciplinares.

As análises para diagnóstico precisam ser feitas por técnicos capacitados na utilização de aparelhos e com ajuda de especialistas para que se tenha resultados precisos.

Geralmente, esses espaços são voltados para diagnósticos por imagem. Outros tipos de análises por amostras, por exemplo, são feitas por laboratório.

Laboratório

Para analisar amostras de tecidos ou que auxiliam em diagnósticos mais específicos, é preciso ter um espaço isolado.

Os laboratórios precisam de um ambiente em que seja possível a concentração preservação dessas amostras de maneira organizada.

Além das geladeiras para conservar os tecidos e amostras que vão servir para dar o diagnóstico correto.

Caso você pretenda atender especialidades, mas não vai atuar com laboratório, pode fazer parcerias. Assim é possível trocar indicações e manter a comodidade do seu cliente.

Internações

Um centro com internação vai demandar que tenha pessoas responsáveis por controle de urgências.

Além do cuidado com controle de horários de medicações, dosagens, é importante ter o controle nutricional e dos leitos dos pets.

Terapia

Esse pode ser o diferencial de uma clínica veterinária 24 horas.

Um centro terápico vai exigir cuidados recorrentes e atenção especial aos pets em terapia.

Neste caso, os tutores de pet criam um vínculo com o setor que sabe abordar a humanização de pets.

Terapias como acupuntura, musico terapia, entre outros tratamentos que tratam stress e melhoram a qualidade de vida dos bichinhos, estão sendo buscadas em um mercado cada vez mais inovador. Já falamos disso neste post.

Mas, é preciso saber como comunicar com seus clientes!

Divulgue bem para ser conhecido!

Para divulgar atendimento veterinário 24 horas, você pode usar tanto mídias mais tradicionais quanto novas mídias.

Lembrando que ter essas informações em sites e redes sociais sempre é uma boa opção, afinal pode ser feito quase sem custo e ainda aproxima você de qualquer cliente.

O mais interessante é que este tipo de negócio pode usar suas próprias estruturas para chamar clientes para atendimentos. Pense no momento das emergências, em que a apreensão do dono do pet precisa de mensagens claras para identificar o tipo de atendimento que você oferece.

Coloque placas, letreiros luminosos, faixas, ou outras formas de divulgação externa que comuniquem o atendimento de urgência ou 24 horas.

Se você tem site, insira essa informação em destaque, junto com todas os setores que consegue atender. Essa informação tem que estar clara e deve poder ser achada de forma intuitiva.

Além disso, você ainda pode investir em parcerias. Assim é possível deixar materiais de divulgação e trocar indicações com negócios que não tem a parte clínica.

Administração em clínica veterinária 24 horas

Para ter o melhor atendimento veterinário, é importante que os seus funcionários tenham funções bem definidas.

Lembre-se que ao ter atendimento veterinário 24 horas você vai trabalhar com plantonistas. Isso precisa ser gerenciado com controle de horários e folgas, sem deixar de pensar na parte financeira.

É importante planejar, com auxílio dos responsáveis por cada setor. Ter estipulado como serão feitos agendamentos, quem vai receber os clientes, como será combinado a forma que irá marcar consultas.

Após isso ser definido, faça testes de atendimento e sempre reavalie o processo. Isso fará com que seus serviços estejam em melhora constante.

Avalie junto com seus funcionários os resultados. Essa rotina vai acostumar seu time a ter mais autonomia para aperfeiçoar sua atuação mês a mês.

Com um sistema para clínica veterinária, é possível trabalhar com metas de agendamentos, de cadastros realizados e vendas efetuadas.

Contudo, você também consegue ter um controle de desempenho por funcionário, além das métricas de resultados da clínica veterinária.

Controle financeiro

Essa parte é muito importante para saber como vai a saúde do seu negócio. Só na parte de custos, os valores de mês a mês podem variar bastante.

Uma clínica com atendimento de emergência tem que considerar sempre uma variável a mais na parte de insumos. Isso porque cada atendimento pode exigir o dobro ou até o triplo de um estoque de produtos de primeiros socorros.

Os funcionários também precisam de valores adicionais. No caso de plantonistas, que tem acréscimo por horário ou a questão da insalubridade.

Sendo assim o controle do seu lucro, provavelmente, também irá mudar. Isso porque o seu preço de venda vai se manter fixo até que você recalcule seus custos.

É nesse sentido que reforçamos a necessidade de automatizar todos esses processos. Facilitando o seu controle de custos e sabendo exatamente como está indo sua clínica.

Conclusão

Para montar um atendimento veterinário 24 horas você precisa saber quanto pode investir e em qual área (ou quais áreas) desse tipo de atendimento pretende focar.

É necessário saber qual o público você pretende atender, e se existe demanda para isso na região em que pretende abrir a clínica.

Organize os pontos chave de gestão para que você não tenha dores de cabeça por questões administrativas e financeiras. E com isso possa focar em um atendimento acolhedor para esses pacientes que buscam uma emergência.

Ficou com alguma dúvida sobre como estruturar um atendimento veterinário 24 horas? Manda pra gente! 😉

No votes yet.
Please wait...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *